sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Entrega da Carteira de Identificação (4ª remessa)

As Carteiras de Identificação Estudantil deverão ser retiradas diretamente na Secretaria de seu Centro de Estudos a partir de terça feira (22/08/17).

Confira antes se o seu nome consta da listagem, caso não esteja na lista, aguarde nova remessa.

Relação de Alunos Para a Entrega da Carteira de Identificação:

Divisão de Matrícula e Documentação 
PROGRAD/UEL

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

UNIVERSIDADES EMPREENDEDORAS: Estudante da UEL, participe de nossa pesquisa e ajude a melhorar a nossa Universidade!

O índice visa levanta iniciativas e perfil empreendedor de cada Universidade e irá traçar melhorias para cada uma.

No universo acadêmico, é comum que estudantes universitários busquem aplicar de formas inovadoras aquele conhecimento adquirido. No entanto, muitas vezes ocorre desmotivação por não existir estímulos corretos que levem os estudantes para esse caminho. As universidades brasileiras ainda carecem de estruturas que possam alavancar a qualidade da aprendizagem.

Diante dessa necessidade, um grupo de estudantes resolveu se unir para trazer uma característica que eles consideravam crucial para essa mudança: o empreendedorismo. O Índice de Universidades Empreendedoras, é um projeto que tem como objetivo principal identificar as práticas e iniciativas empreendedoras das Instituições de Ensino Superior (IES). A elaboração deste índice, liderada pela Brasil Júnior, conta com a participação de todos os estados do país e mais de 80 universidades no ano de 2017. Apoio como o Ministério da Educação (MEC) e a Ranking Universitário da Folha de São Paulo (RUF) estão sendo de grande ajuda para elaborarmos um trabalho cada vez melhor.

Os eixos que são mapeados em cada Universidade são: cultura empreendedora, inovação, extensão, capital financeiro, internacionalização e infraestrutura. No Universidade Empreendedoras de 2016, as universidades destaques em cada um dos eixos variam em regiões como o nordeste (a exemplo da UFRPE e UFC) e sudeste (como a USP, UNICAMP e PUC RIO) e foram disponibilizados também no estudo cases de sucesso das universidades analisadas.

O estudo que tem a etapa de pesquisa, coleta de documentação e mensuração de resultados, está na fase inicial com a divulgação da Pesquisa de Percepção, para entender como os universitários enxergam seus locais de estudos, quais as oportunidades que são dadas a ele, e quais são os potenciais de melhorias. Cada Universidade irá receber um estudo, com detalhes sobre cada número e possíveis ações para tentar debater sobre essas mudanças.

Acesse aqui para responder a pesquisa:

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

[Últimos dias] Inscrições para o segundo encontro da Jornada Pedagógica do GEPE


Estão abertas até o dia 16 de agosto (14h), as inscrições para o segundo encontro da Jornada Pedagógica do GEPE 2017: "Mesa redonda: Direitos Humanos", dia 16 de agosto, das 14h-18h, Sala 241 (Anfiteatro da Morfologia) - CCB, pelos docentes Erika Juliana Dmtruk; Rivail Carvalho Rolim; Olegna de Souza Guedes; Mediação: Edméia Aparecida Ribeiro. O valor da inscrição é de R$ 7,00 e dará direito a certificado. Um vídeo anunciando breve introdução ao assunto poderá ser visto no site do evento. 

A intenção da Jornada Pedagógica é propor estratégias e ações que possibilitem ao professor repensar e atualizar o fazer pedagógico dos cursos da UEL, construindo conhecimentos de forma colaborativa entre docentes de diversas áreas de formação no Ensino Superior da Universidade. 


Obs: Evento direcionado a docentes da UEL. 

Aguardamos sua participação!

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Jornada Pedagógica do Gepe 2017 – Convite

Profª Erika Juliana Dmitruk convida todos os docentes da UEL a participarem da Jornada Pedagógica do Gepe 2017, 16 de agosto, das 14h-18h, com o tema "Mesa redonda: Direitos Humanos", na Sala 241 (Anfiteatro da Morfologia) - CCB.

Assista e faça sua inscrição: www.uel.br/prograd/gepe/jornadapedagogica

Grupo de Estudos de Práticas em Ensino
Pró-Reitoria de Graduação
UEL

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Encontro da Jornada Pedagógica debate Direitos Humanos

Agência UEL - 08/08/2017

Estão abertas as inscrições para o segundo encontro de Jornada Pedagógica do GEPE 2017 (Grupo de Estudos de Práticas em Ensino), que prevê uma mesa-redonda sobre o tema Direitos Humanos. A atividade será no próximo dia 16 de agosto, às 14 horas, na Sala 241 (Anfiteatro da Morfologia), no Centro de Ciências Biológicas (CCB). As inscrições podem ser feitas até o dia 16 de agosto, no endereço www.uel.br/prograd/gepe/jornadapedagogica.

O valor da inscrição é de R$ 7,00, com direito a certificado. A Jornada propõe estratégias que possibilitem ao professor repensar e atualizar o fazer pedagógico. Vão participar os professores Erika Juliana Dmtruk, Rivail Carvalho Rolim, Olegna de Souza Guedes, com mediação da professora Ednéia Aparecida Ribeiro.

terça-feira, 8 de agosto de 2017

Jornada Pedagógica do Gepe 2017 - Convite


Profª Erika Juliana Dmitruk convida todos os docentes da UEL a participarem da Jornada Pedagógica do Gepe 2017, 16 de agosto, das 14h-18h, com o tema "Mesa redonda: Direitos Humanos", na Sala 241 (Anfiteatro da Morfologia) - CCB.

Maiores informações e inscrições através do site: 

Inscrições para o segundo encontro da Jornada Pedagógica do GEPE


Estão abertas até o dia 16 de agosto (14h), as inscrições para o segundo encontro da Jornada Pedagógica do GEPE 2017: "Mesa redonda: Direitos Humanos", dia 16 de agosto, das 14h-18h, Sala 241 (Anfiteatro da Morfologia) - CCB, pelos docentes Erika Juliana Dmtruk; Rivail Carvalho Rolim; Olegna de Souza Guedes; Mediação: Edméia Aparecida Ribeiro. O valor da inscrição é de R$ 7,00 e dará direito a certificado. Um vídeo anunciando breve introdução ao assunto poderá ser visto no site do evento. 

A intenção da Jornada Pedagógica é propor estratégias e ações que possibilitem ao professor repensar e atualizar o fazer pedagógico dos cursos da UEL, construindo conhecimentos de forma colaborativa entre docentes de diversas áreas de formação no Ensino Superior da Universidade. 


Obs: Evento direcionado a docentes da UEL. 

Aguardamos sua participação!

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

NAC/UEL Promove: Sorobã Para Todos (últimas vagas)

Objetivo: - Disseminar as técnicas do Sorobã para estudantes e profissionais da área da Educação com deficiência visual e videntes. - Disseminar as técnicas do uso do Sorobã para realização das quatro operações matemáticas: adição, subtração, multiplicação e divisão; - Estimular o uso de material que possibilita o acesso ao conhecimento para todos.

Data de Realização: 11/10/2017

Período de inscrições: 19/06/2017 a 01/09/2017

Maiores informações: www.uel.br/prograd/nac

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Jornada Pedagógica do Gepe 2017 - Convite


Profª Erika Juliana Dmitruk convida todos os docentes da UEL a participarem da Jornada Pedagógica do Gepe 2017, 16 de agosto, das 14h-18h, com o tema "Mesa redonda: Direitos Humanos", na Sala 241 (Anfiteatro da Morfologia) - CCB.


Maiores informações e inscrições através do site:
www.uel.br/prograd/gepe/jornadapedagogica

Inscrições para o segundo encontro da Jornada Pedagógica do GEPE


Estão abertas até o dia 16 de agosto (14h), as inscrições para o segundo encontro da Jornada Pedagógica do GEPE 2017: "Mesa redonda: Direitos Humanos", dia 16 de agosto, das 14h-18h, Sala 241 (Anfiteatro da Morfologia) - CCB, pelos docentes Erika Juliana Dmtruk; Rivail Carvalho Rolim; Olegna de Souza Guedes; Mediação: Edméia Aparecida Ribeiro. O valor da inscrição é de R$ 7,00 e dará direito a certificado. Um vídeo anunciando breve introdução ao assunto poderá ser visto no site do evento.


A intenção da Jornada Pedagógica é propor estratégias e ações que possibilitem ao professor repensar e atualizar o fazer pedagógico dos cursos da UEL, construindo conhecimentos de forma colaborativa entre docentes de diversas áreas de formação no Ensino Superior da Universidade.

Acesse: www.uel.br/prograd/gepe/jornadapedagogica.

Obs: Evento direcionado a docentes da UEL.

Aguardamos sua participação!

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

UNIVERSIDADES EMPREENDEDORAS: Estudante da UEL, participe de nossa pesquisa e ajude a melhorar a nossa Universidade!

O índice visa levanta iniciativas e perfil empreendedor de cada Universidade e irá traçar melhorias para cada uma.

No universo acadêmico, é comum que estudantes universitários busquem aplicar de formas inovadoras aquele conhecimento adquirido. No entanto, muitas vezes ocorre desmotivação por não existir estímulos corretos que levem os estudantes para esse caminho. As universidades brasileiras ainda carecem de estruturas que possam alavancar a qualidade da aprendizagem.

Diante dessa necessidade, um grupo de estudantes resolveu se unir para trazer uma característica que eles consideravam crucial para essa mudança: o empreendedorismo. O Índice de Universidades Empreendedoras, é um projeto que tem como objetivo principal identificar as práticas e iniciativas empreendedoras das Instituições de Ensino Superior (IES). A elaboração deste índice, liderada pela Brasil Júnior, conta com a participação de todos os estados do país e mais de 80 universidades no ano de 2017. Apoio como o Ministério da Educação (MEC) e a Ranking Universitário da Folha de São Paulo (RUF) estão sendo de grande ajuda para elaborarmos um trabalho cada vez melhor.

Os eixos que são mapeados em cada Universidade são: cultura empreendedora, inovação, extensão, capital financeiro, internacionalização e infraestrutura. No Universidade Empreendedoras de 2016, as universidades destaques em cada um dos eixos variam em regiões como o nordeste (a exemplo da UFRPE e UFC) e sudeste (como a USP, UNICAMP e PUC RIO) e foram disponibilizados também no estudo cases de sucesso das universidades analisadas.

O estudo que tem a etapa de pesquisa, coleta de documentação e mensuração de resultados, está na fase inicial com a divulgação da Pesquisa de Percepção, para entender como os universitários enxergam seus locais de estudos, quais as oportunidades que são dadas a ele, e quais são os potenciais de melhorias. Cada Universidade irá receber um estudo, com detalhes sobre cada número e possíveis ações para tentar debater sobre essas mudanças.

Acesse aqui para responder a pesquisa:

segunda-feira, 31 de julho de 2017

Renovação de Matrícula (2017 - 2º semestre)

Regime Acadêmico Semestral
Período: 31/07/2017 a 25/08/2017
Local: Portal do Estudante de Graduação
(www.uel.br/portaldoestudante)

Obs: SOMENTE para os estudantes regularmente matriculados do Regime Acadêmico Semestral.

quinta-feira, 27 de julho de 2017

ÚLTIMAS VAGAS! NAC/UEL Promove: "Deu branco! Entendendo a ansiedade em situações de avaliação"


Devido a grande procura, o Núcleo de Acessibilidade abriu nova roda de conversa. As inscrições são gratuitas, porém limitadas.


DATA: 01 DE SETEMBRO - MANHÃ (9H ÀS 11H)
VAGAS: 10 a 15 por período
Local: Núcleo de Acessibilidade/PROGRAD/UEL

A entrada na universidade traz consigo uma série de experiências novas que podem exigir adaptações importantes para alguns estudantes. Morar sozinho, ser de outra cidade, metodologias de ensino diferentes entre outros fatores podem gerar angústia e trazer dificuldades nesta nova fase.
Para te ajudar a superar algumas dessas dificuldades que envolvem a vivência universitária, o NAC disponibiliza encontros bimestrais com temáticas específicas e o objetivo de discutir caminhos para compreender e superar essas barreiras.

A 2ª Roda de Conversa será "Deu branco! Entendendo a ansiedade em situações de avaliação." A reação que temos à vida é produto de aprendizagem. Se o modo como lidamos com situações de avaliação nos cria stress e aumenta nossa ansiedade é preciso avaliar os maus hábitos e aprender novos valores, novos modos de pensar e encarar a vida que sejam mais positivos permitindo vivenciar a ansiedade de maneira não tão excessiva. Assim esta "Roda de Conversa" tem por objetivos discutir maneiras de lidar de forma mais adequada com eventos causadores de ansiedade, em especial provas e outras situações de avaliação, prevenindo assim uma evolução do problema.

O trabalho é direcionado a todos os estudantes da UEL, sejam eles ingressantes ou veteranos, pois as diferentes experiências podem ajudar a todos!

Se você ficou interessado, faça sua inscrição pelo site e participe: www.uel.br/prograd/nac.

UNIVERSIDADES EMPREENDEDORAS: Estudante da UEL, participe de nossa pesquisa e ajude a melhorar a nossa Universidade!

O índice visa levanta iniciativas e perfil empreendedor de cada Universidade e irá traçar melhorias para cada uma.

No universo acadêmico, é comum que estudantes universitários busquem aplicar de formas inovadoras aquele conhecimento adquirido. No entanto, muitas vezes ocorre desmotivação por não existir estímulos corretos que levem os estudantes para esse caminho. As universidades brasileiras ainda carecem de estruturas que possam alavancar a qualidade da aprendizagem.

Diante dessa necessidade, um grupo de estudantes resolveu se unir para trazer uma característica que eles consideravam crucial para essa mudança: o empreendedorismo. O Índice de Universidades Empreendedoras, é um projeto que tem como objetivo principal identificar as práticas e iniciativas empreendedoras das Instituições de Ensino Superior (IES). A elaboração deste índice, liderada pela Brasil Júnior, conta com a participação de todos os estados do país e mais de 80 universidades no ano de 2017. Apoio como o Ministério da Educação (MEC) e a Ranking Universitário da Folha de São Paulo (RUF) estão sendo de grande ajuda para elaborarmos um trabalho cada vez melhor.

Os eixos que são mapeados em cada Universidade são: cultura empreendedora, inovação, extensão, capital financeiro, internacionalização e infraestrutura. No Universidade Empreendedoras de 2016, as universidades destaques em cada um dos eixos variam em regiões como o nordeste (a exemplo da UFRPE e UFC) e sudeste (como a USP, UNICAMP e PUC RIO) e foram disponibilizados também no estudo cases de sucesso das universidades analisadas.

O estudo que tem a etapa de pesquisa, coleta de documentação e mensuração de resultados, está na fase inicial com a divulgação da Pesquisa de Percepção, para entender como os universitários enxergam seus locais de estudos, quais as oportunidades que são dadas a ele, e quais são os potenciais de melhorias. Cada Universidade irá receber um estudo, com detalhes sobre cada número e possíveis ações para tentar debater sobre essas mudanças.

Acesse aqui para responder a pesquisa: